quarta-feira, 14 de setembro de 2016

"Eu vi que não foi em vão e que tamo junta não é só uma frase"

Hoje, 14 de setembro de 2016 era pra ela estar completando 33 anos. Mas já faz mais de 5 que ela se foi. Não, ela não "se foi", ela foi tirada de nós, foi brutalmente e lentamente assassinada por essa sociedade hipócrita e mesquinha. Falo de Amy Jade Winehouse. Não foi só uma diva da música com um talento esplendoroso que perdemos. Foi a vida de uma mulher de um coração lindo, assim como tantas, todos os dias.












Aí você pode me perguntar mas o que a Amy tem a ver com isso? Ela não foi estuprada nem assassinada, ela morreu por causa das drogas... Pois é... É muito fácil jugar, apontar o dedo, sem se perguntar o que levou a pessoa a chegar àquele estado. É muito fácil se aproveitar da desgraça alheia para ganhar audiência. Difícil é se colocar no lugar do outro, difícil é ter compaixão pelo sofrimento alheio. Eu entendo o que ela passou. Ela era como eu, uma menina frágil, ingênua, que só queria ser amada e que não sabia se amar. Achava que o amor deveria vir de fora e não de dentro. Esperava por um príncipe encantado que viesse lhe dar sentido à vida. Quando pensou tê-lo encontrado fez de tudo para não perdê-lo. Se doou, se machucou, se humilhou... Sem saber que não precisava de nada disso, sem saber que merecia coisa melhor, sem saber que era maravilhosa...

A sociedade nos ensina que devemos ser esposas e mães. Nascemos para isso e devemos fazer de tudo para fisgar um boy. Somos doutrinadas desde criança a gostar de se arrumar, se maquiar, nossas bonecas já vem cheia de maquiagem, com peitões e sem celulite... Brincamos de casinha, cozinhadinha, mamãezinha... 

Somos cobradas o tempo todo quanto a nossa aparência. Se não se arruma é desleixada, se se arruma demais tá igual puta... Tem que ser magra, tem que ser branca, tem que ser bonita, tem que se maquiar, tem que, tem que, tem que... Tem que agradar ou nunca será amada. Nisso se foi nossa Amy, e não só ela... Quantas Amys, Marias, Geovanas, Letícias, Camilas, Déboras, e etc, etc, e etc morrem todos os dias por causa do MACHISMO?




Se um homem se sente no direito de tirar a vida de uma mulher só por ela ser mulher ou de estuprá-la é por causa do machismo. Mas não é só isso que mata nossas mulheres. A ditadura da beleza machista também mata (anorexia, bulimia, etc); a invisibilidade da mulher mata; a falta de oportunidades mata; a violência doméstica mata; a depressão (muitas vezes causada pelo que foi citado acima) mata; a solidão e desprezo matam; não se amar mata lentamente cada pedacinho da alma...

É por isso que hoje eu quero lembrá-la como um símbolo dessa luta que é o simples fato de nascer mulher...

Tem uma rapper muito foda chamada Lívia Cruz. Ela está sendo criticada por ter feito uma música inspirada em outra, uma resposta. Cara, é de foder! em pleno 2016 uns caras vão lá e fazem uma música escrotizando geral, chamando mulher de puta, interesseira e por aí vai, e quando uma mulher faz uma resposta foda pra caramba tem machinho que ainda acha ruim! Os caras estão com a cabeça onde? Pagando de rapper americano? Hello! Enquanto vocês estavam pirralhando titia Lívia já mandava as rima dela e arrasava! E olha que ela só tem 25 anos (minha idade ^^)! Ouçam a música dela "Eu tava lá" e o papo reto que ela mandou sobre a música lá no canal dela do youtube!



É isso aí, vai ter mulher no rap sim! Vai ter feminista sim! Vai ter mulher lutando por visibilidade sim! Vai ter esculacho de homem machista sim! Vai ter mulher na presidência sim! Vai ter mulher de shortinho sim! Vai ter de véu também! Vai ter topless sim! Vai ter lésbicas sim! Vai ter piriguete sim! Vai ter puta sim! Vai ter tudo que a gente quiser, porque lugar de mulher é onde ela quiser, não onde vocês nos colocaram até hoje!



2 comentários:

  1. Bem vinda Ellen, por alguma razão... (faz um tempo) te acompanhei, agora te achei "denovo"... certamente és outra.. assim como eu, mas gostava dos elementos descritivos dos seus textos...

    ResponderExcluir
  2. Olá! Fico feliz de te ver de novo por aqui... Então, alguns assuntos exigem mais objetividade, eu acho... mas você vai gostar do texto novo Amora.

    ResponderExcluir

O que está passando na sua cabeça nesse exato momento? Registre aí! ;)