sábado, 3 de abril de 2010

Mudança de vida

Esse blog nunca foi do tipo diário pessoal mas hoje vou falar um pouco de mim. Minha vida mudou um mucado de uns tempinhos pra cá. Para quem não me conhece ou não sabe de detalhes da minha vida, vamos lá. Tenho 19 aninhos recém completados (tudo bem, já vai fazer um mês) e até pouco tempo atrás a única coisa que fazia da vida era estudar engenharia civil. Ah, e claro, cuidar da minha filha cachorra Mirra. Não trabalhava, é isso que quis dizer.
Pois bem, acontece que passei no concurso do IBGE e agora sou Agente Censitária Municipal (ACM). Agora virei uma mulher trabalhadora com "direito" (=obrigação) a oito horas diárias de trabalho. E nem é aqui em Perpétuo Socorro (vulgo "Cachoeira Escura"), distrito onde moro, mas lá na sede em Belo Oriente. Acordo as 06:20 mais ou menos, pego o busão de 07:10 (que só passa lá pra 07:30 mas que um dia passou na hora e eu perdi) e chego lá as 08:00.
O pessoal que trabalha comigo é tudo gente boa. A Luciana, a Jussara e o Edson são ACS's e o Jackson é ACI (S de supervisor e I de informática). Como disse, são legais. Mas estamos em um prédio da prefeitura então temos contato com alguns funcionários de secretarias e gerências... Tem um cara lá que vive tirando todo mundo do sério discutindo religião, sexualidade, big brother e caso Nardoni. Incrivelmente ele consegue ser do contra em tudo e aí todos perdem a paciência. Mas pelo menos ele faz o tempo passar mais rápido. Rsrsrs
Aliás, um de nossos maiores problemas é o tempo. É que até o dia do treinamento (que começará nessa terça-feira) não tínhamos muito o que fazer a não ser estudar os manuais (que cada um leu em um dia). E não pudíamos fazer isso em casa, tínhamos que cumprir horário. Isso é errado. Na verdade, acho que deveríamos ter sido contratados apartir do dia do treinamento ou no máximo uma semana antes para ler o manual, não precisava de duas semanas. Mas, fazer o que? Eu também não vou devolver meu meio salarinho afinal de contas foram 80 horas da minha vida que dediquei ao IBGE (eles que não aproveitaram como deveríam). Mas, falando sério agora: é muito chato ficar em um lugar sem ter o que fazer! Sem trabalho mas também sem televisão, internet, cama! Rsrs... Só o que podíamos fazer era ler ou conversar. Ler é ótimo mas cansa. E até conversar, acredite, mesmo numa sala com três mulheres tem uma hora que cansa! Rsrs...
Temos uma hora de almoço. Como é impossível para mim ir pra casa e voltar, almoço em um restaurantesinho muito simpático. O preço é bom e a comida também. E além disso conheci o Nélio. Um engenheiro civil-poeta. É um dos meus no que diz respeito à revolta com injustiças.
O expediente termina as 17:00 h. De lá vou direto para a faculdade. Só chego em casa as 23:40, mais ou menos. Quando abro o portão minha filha vem toda feliz sem saber se comemora os reclama do abandono. Pula, lambe, chora, balança o rabo... Mas nessa hora já estou quebrada e por mais que queira, pois também sinto muita falta dela, não posso brincar muito tempo. Recompenso nós duas acordando um pouco mais cedo para ter uns 10 minutinhos com ela. E no outro dia começa tudo outra vez.
"Todo dia ela faz tudo sempre igual e sacode as seis horas da manhã"
Mas só estou escrevendo isso aqui para registrar minha mudança de vida, não estou reclamando. Sei que daqui a pouco começa o trabalho de verdade e que não será nada fácil. Percorrerei uns bons quilômetros a pé realizando a pré-coleta. Mas está bom. A vida é assim mesmo! A tudo isso que falei somam-se as provas da faculdade e provas de concursos que me inscrevi (já me inscrevi em uns 3 ou 4!). É bom pagar as próprias contas, poder gastar um pouco na nossa "manutenção" (cabelo, unha, roupa, que quando a gente depende de pai e mãe é tudo meio regrado) mas tudo tem seu preço. E apesar do cansaço estou feliz por ter saído do desemprego e espero que quando acabar o trabalho no Censo eu já entre logo em outro! Assim passo menos tempo em casa e em Cachoeira Escura (minha família me estressa e esse lugar me oprime).

5 comentários:

  1. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) prorrogou as inscrições para mais de 190 mil vagas de recenseadores.Pela internet o prazo foi prorrogado até o dia 04 de abril, através do site da Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br). O valor da inscrição é de R$ 18,00.

    ResponderExcluir
  2. E aí moça?
    Aproveita enquanto é tempo! Depois quando começar o batente de verdade, cê vai sentir falta desses momentos. Eu te falo por experiência própria. Mas vai ser legal, vc vai aprender a se virar sozinha, a ter "jogo de cintura" e vai levar um aprendizado pra toda a vida.
    Boa sorte nessa nova empreitada!
    Bjo!

    ResponderExcluir
  3. Olá Ellen,

    Sou o Renato, um dos administradores do Gospel LGBT, e passando por seu blog vi que estamos relacionados em seu blogoll. Nossa, fiquei muito contente! Essas coisas nos enriquecem, e agradecendo o carinho, nós vamos colocar seu blog em nossa lista de blogs Tb! Uma parceria ;-)

    Forte abraço,

    E obrigado,

    Renato

    ResponderExcluir
  4. É amiga, a realidade bate a porta não é? Nossas ilusões de que trabalhar é mais legal que estudar kkk

    ResponderExcluir
  5. Sou adepto da frase que diz que o trabalho engrandece o homem. Todo lugar está cheio de profissionais e profissionais. Uns que gostam do que fazem, se dedicam, cumprem suas responsabilidades e fazem algo mais. Outros que se dedicam e cumprem suas responsabilidades. O gostar do que faz e também o fazer algo mais é que diferenciam aqueles que alcançarão seus objetivos. É claro que os demais podem sim ir até mais além, principalmente se tiverem bons QI's, mas nem sempre é assim.

    O que quero dizer com isso tudo. Aproveita cada fase da sua vida para retirar aquilo que lhe engrandece. Por mais insonso que pareça tudo tem o seu porque. Seja diferente e busque o que lhe faz bem sempre. A vida reserva muitas coisas boas, cabe a nós encontra-las.

    Agora... vc queria um trabalho do governo que cumprisse as 8 horas diárias??? Sem chances minha querida. Isto aqui é Brasil!!!

    Felicidades sempre...

    ResponderExcluir

O que está passando na sua cabeça nesse exato momento? Registre aí! ;)