sábado, 9 de janeiro de 2010

Livros lidos por mim em 2009



1) O pequeno príncipe _ Antoine de Saint-Exupéry: Lindo, lindo! Simples, profundo, verdadeiro, marcante. Um clássico. "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas". "O essencial é invisível aos olhos".

2) O profeta _ Kahil Gibran: Auto ajuda travestida de ficção. Bem parecido com O monge e o executivo. Tem frases muito bonitas mas não é meu tipo de leitura predileta.

3) Novo kama sutra _ Alicia Gallotti: Eu queria ler o original indiano aí me emprestaram esse aí. Uma das leituras menos proveitosas de todas.

4) O código da Vinci _ Dan Brown: O livro é bem melhor do que o filme (novidade!) e, depois de Anjos e Demônios, é a melhor obra de Brown.

5) O silêncio dos inocentes _ Thomas Harris: Uma história de investigação interessante e gostosa de ler. Mulheres estão sendo assassinadas mas não sofreram abusos sexuais ou algo do tipo. O agressor retira pedaços de pele das vítimas.

6) Tormentos ocasionais _ Bernadette Lyra: Um livro meio sem pé nem cabeça, mas muito bonito ao mesmo tempo. Parece um turbilhão de pensamentos da autora. "Só um nome real e tangente poderia exorcizar aqueles sentimentos secretos de orfandade que, por vezes, roíam nossos corações (...) alimentando a lembrança de que em algum lugar existiria para nós a emoção da dor se convertendo em ira e, por fim, em alegria e em felicidade, essa gama estupenda".

7) O livreiro de Cabul _ Asne Seierstad: Adorei! Na verdade, me apaixonei pelo Afeganistão, pelas suas histórias, por seu povo, sobretudo as mulheres. É uma realidade tão sofrida, tão diferente da nossa. E é exatamente isso que o livro retrata. São histórias reais que a autora presenciou ou ouviu afegãos contarem.

8) Evocação, minha vida ao lado do Che _ Aleida March: Para quem admira esse revolucionário tanto quanto eu, é o livro ideal. Diferentemente da maioria dos livros que contam sua biografia baseada em fatos e datas históricas, Evocação conta a história da mulher da vida de Che, o relacionamento, as cartas, os filhos, a revolução, o dia a dia. Detalhes que você não encontra em nenhum outro lugar.

9) O doce veneno do escorpião _ Bruna Surfistinha: Não chega a ser um clássico da literatura brasileira mas é um livro legal. Engraçado, as vezes triste, até perturbador, a vontade que dá é de ler todo de uma vez.

10) O nome da rosa _ Umberto Eco: Um bom livro, porém não é para qualquer um. A linguagem é meio rebuscada, mas está cheio de ótimas frases. "Como era belo o espetáculo da natureza não tocada ainda pela sabedoria, frequentemente perversa, do homem!".

11) Isto não é para mim _ Max Lucado: Fala de como devemos parar de achar que somos o centro das atenções e colocar Deus em primeiro lugar.

12) Ponto de impacto _ Dan Brown: Mais um dele. Bom também, porém depois do 3º livro a história vai começando a ficar repetitiva, apesar do contexto ser completamente diferente. Desta vez não tem o professor Robert Langdon e o casal central (sim, novamente um casal) tem que provar que a NASA está querendo enganar o mundo com uma descoberta falsa. Tudo isso em meio as eleições presidenciais norte-americanas.

13) Persépolis _ Marjane Satrapi: O melhor do ano! Amei e me identifiquei muito com a história. Trata-se da autobiografia de uma iraniana em formato de história em quadrinhos. Ela vive as revoluções, a queda do Sha... Tem muita história pra contar e está tudo lá. Vale muito a pena ler! Também tem um filme em desenho animado que é tudo de bom.

14) Che Guevara por ele mesmo _ Manville Avalon (pesquisador e organizador): Livro de bolso que relata os passos da vida de Ernesto. Além da cronologia e biografia tem também algumas cartas, frases, fotos e a bibliografia completa para você pesquisar.

15) Vidas secas _ Graciliano Ramos: Gostei muito de ler esse clássico. Fala da vida sofrida do sertanejo, da seca, da pobreza e de família. Sobretudo, adorei a personagem Baleia. Achei muito esperta e parecida com minha cachorra.

16) 1984 _ George Orwell: Como seriam nossas vidas se as ditaduras nazifascistas tivessem dominado o mundo? Seria igual ao que se passa nesse livro. Uma curiosidade: o nome do reality show Big Brother foi inspirado nele.

17) 1808 _ Laurentino Gomes: Sobre a vinda da família real para o Brasil. Para quem gosta de história é um livro interessante.

18) Por que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor? _ Allan e Bárbara Pease: Diferenças entre os sexos, habilidades mais desenvolvidas de cada um, preferências e necessidades, homossexualismo... Tudo aquilo que a gente já sabia, mas não tinha parado para pensar. Muito bom.

19) A marca de uma lágrima _ Pedro Bandeira: Livro típico de adolescente: exageradamente dramático, romântico e simplista no final. É, estou ficando velha...

Que venha 2010 e que traga junto muitos bons livros! Que haja também um pouco mais de justiça. Que as eleições mudem alguma realidade. Desistir, jamais!

Hasta la vitoria, siempre!
Feliz Ano Novo a todos que passarem por aqui!
(Super atrasado, é que eu estava viajando ^^)

2 comentários:

  1. Tem q gostar muito de ler hein... rsrs 19 livros... Num devo ter lido isso tudo na minha vida toda... haushaus Mais achei bem interessante a maioria dos livros, até leria se num fosse tão preguiçoso... Quem sabe eu não leio um?

    ResponderExcluir
  2. Parabéns!
    Sem leitura o olhar sobre as coisas fica míope...
    A gente ler para viver melhor, descobrindo belezas e outros mundos.
    Parabéns Ellen!!!
    beijos

    ResponderExcluir

O que está passando na sua cabeça nesse exato momento? Registre aí! ;)