segunda-feira, 4 de maio de 2009

Todo mundo devia estudar em escola pública ao menos uma vez na vida

É isso aí. Eu acho que todo mundo, independente da classe social, deveria estudar em escola pública, um ano que fosse, pois tem coisas aprendidas lá que não se aprende em nenhuma escola particular (salvo algumas raras exceções).
Não diz respeito à qualidade da educação em si, mas no aprendizado de coisas da vida. É claro que essas coisas podem ser aprendidas fora da escola também, mas como todos sabem, é muito mais fácil se aprender enquanto ainda é criança.
Existe um mito sobre a educação pública. É verdade que não temos as melhores escolas do mundo mas também não dá para generalizar e dizer que todas são violentas, que todos os professores são ruins e que todos os alunos saem sem saber nada. Eu estudei dos 5 até os 14 anos em escola pública, ou seja, do 2º período do pré-escolar até a 8ª série do ensino fundamental. Saí da pré-escola já sabendo ler e escrever aos 6 anos de idade. Terminei a oitava com uma excelente base em matemática (tive professores excelentes de matemática da 5ª a 8ª). Nas outras matérias tive professores ótimos, bons, regulares e ruins. Mas no geral, saí bem preparada para cursar o ensino médio em qualquer escola. Tanto que fui para a FG e fui a aluna de ouro lá também.
Falando em FG, aprendi muita coisa lá, sobre a vida inclusive, mas tem coisas que aprendi no Pré-Escolar Municipal e na Escola Municipal Perpétuo Socorro.
Aprendi que nem todo mundo tem dinheiro para usar tênis. Aí, vi que ir pra escola de chinelo e poder tirar na hora do recreio podia ser até melhor pra correr (só não era fácil convencer a minha mãe disso).
Constatei que a maioria dos meus coleguinhas não tinham condições para comprar uma mochila nova por ano. Então percebi que podia usar a minha por mais um ano, até dois...
Aprendi que algumas crianças têm responsabilidades que vão muito além de estudar e brincar e que podem incluir limpar a casa, cozinhar, cuidar dos irmãos menores e até trabalhar. Então resolvi que se eu tinha o privilégio de só estudar ia fazer isso bem feito.
Aprendi que comer arroz, feijão, canjiquinha e sopa de macarrão as 9:30 da manhã era normal e que para muitas pessoas essa seria a única refeição do dia.
Aprendi que se uma roupa não serve mais ou um brinquedo perdeu a graça pra mim, este poderia ser muito útil para outras crianças que muitas vezes ficavam o dia inteiro sozinhas enquanto os pais trabalhavam.
Aprendi que nem todo mundo tem pai, nem todo mundo tem mãe, que tem gente que o pai bate na mãe, que o irmão bate nos pais, que as drogas e as bebidas podem acabar com uma família...
Aprendi que pobre não é tudo a mesma coisa. Tem pobre humilde e pobre soberbo (que tenta parecer ser rico), ladrão e honesto, esclarecido e tapado, preguiçoso e esforçado... Enfim, aprendi que pobreza não é estado de espírito mas apenas uma classe social.
Aprendi que lá, como em qualquer outro lugar, existem pessoas inteligentíssimas, mas que provavelmente não se destacarão por falta de oportunidade, falta de instrução e até de ambição.
Aprendi que as injustiças estão aí, não é preciso ir muito longe pra ver.

5 comentários:

  1. Mtuuu bom esse post, gostei d+++.


    =)

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou mas, quem é vc? Rsrs

    ResponderExcluir
  3. Amiga Linda...que lindo, acabei de achar seu blog...vc nem me falou que tinha feito =( amo ler suas ideias e vc sabe disso!!!
    Bom, sobre o texto, seria bom se todos no pais tivessem uma vida decente e e condições de vida ideais de se viver...
    Bom nunca estudei em uma escola assim, mas tenho uma consciencia disso...claro que não posso mudar o mundo, mas creio que se todos tivessem consciencia seriam menos "frescos" assim digamos em ralação a roupas, mochilas, calçados e tudo...Digo fresco para não dizer preconceituosos, que já estaria julgando demais, mas as pessoas não se importma, amam olhar para o proprio umbigo e viver suas vidas buscando mais dinheiro e exibir-se aos outros...Aprendi bastante na ETFG, já fui bem futil(assim digamos tbm rsrsr) e não foi preciso esse estudo, creio que tudo vem de educação das escolas e dos pais!!!

    Bjoss
    Saudade
    Amo-te amiga

    ResponderExcluir
  4. Lindo este texto.
    Que bom q tive um tempinho só para mim, para pode respirar e ler seus textos com prazer.
    VC sabe transmitir o q pensa e o q SENTE escrevendo...
    PERFEITO.
    AMEEEI
    Obs.: o anônimo aí de cima deve ser o AUGUSTO..

    rsrs


    bjus

    saudades

    ResponderExcluir
  5. Naum sou o augusto...

    hehe

    ResponderExcluir

O que está passando na sua cabeça nesse exato momento? Registre aí! ;)