sexta-feira, 16 de abril de 2010

Ficha Limpa em perigo! Faça já a sua parte!

O Projeto de Lei Ficha Limpa está em perigo. Semana passada o Congresso adiou a votação com o intuito de dar mais tempo para "aprimorar" o projeto, ou seja, enfraquecê-lo para que ele não remova eficazmente corruptos das eleições.



Muitos parlamentares temem essa nova lei já que dezenas deles respondem a processos na justiça. Eles estão tentando influenciar a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) a enfraquecer o projeto. Nossas vozes precisam falar mais alto -- esta é uma luta pelo futuro do nosso país. Clique abaixo para mandar uma mensagem para a CCJ, pedindo que eles se mantenham firmes contra a corrupção:

http://www.avaaz.org/po/salve_ficha_limpa/?vl

Juntos, nós mostramos o apoio massivo da população brasileira pela Ficha Limpa. No entanto, precisamos fazer mais -- vamos mostrar aos políticos que estamos determinados, não iremos parar e que se formos ignorados, eles irão pagar o preço nas eleições. A CCJ deveria apoiar o projeto de lei, mas é provável que políticos corruptos estejam tentando oferecer acordos e troca de favores para eles enfraquecerem a Ficha Limpa. Nós podemos oferecer uma proposta melhor: se eles apoiarem a Ficha Limpa, ele poderão manter seus empregos.

Vamos inundar a comissão de revisão com milhares de mensagens e telefonemas pedindo que eles tomem a decisão certa: não tolerar a corrupção e se recusar a enfraquecer o texto. A população brasileira quer essa lei e merecemos que ela seja aprovada pelo Congresso:

http://www.avaaz.org/po/salve_ficha_limpa/?vl
É SÓ CLICAR NO LINK! NÃO CUSTA NADA E É PARA O BEM DE TODOS OS CIDADÃOS DE BEM DO PAÍS! FAÇA SUA PARTE! Quando você clica já aparece um texto pronto para você enviar, mas que pode ser mudado caso você quiser. Se não, é só mandar!


Neste ano eleitoral, nós possuímos um grande poder coletivo para mudar a política. Ao redor do mundo, a Internet vem se mostrando uma nova força política, uma forma de democratizar a política e criar novos canais de participação para a população. Se soubermos utilizar esta ferramenta, nossos políticos finalmente entenderão que se nós os elegemos, eles trabalham para nós.

Se trabalharmos juntos, o Ficha Limpa pode se tornar lei mês que vem!

PS. Estamos quase conseguindo 2 milhões de assinaturas para a petição pela Ficha Limpa - se você ainda não assinou clique aqui: http://www.avaaz.org/po/brasil_ficha_limpa/

Saiba mais:
Usuários de redes sociais se mobilizam a favor do Projeto de Lei Ficha Limpa:

http://idgnow.uol.com.br/internet/2010/04/06/usuarios-de-redes-sociais-se-mobilizam-a-favor-do-projeto-de-lei-ficha-limpa/

Câmara adia para maio a votação do projeto Ficha Limpa, O Globo, 07/04/2010:

http://oglobo.globo.com/pais/mat/2010/04/07/camara-adia-para-maio-votacao-do-projeto-ficha-limpa-916272868.asp

Aliados trabalham contra Ficha Limpa, Estadão, 11/04/2010:

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,aliados-trabalham-contra-ficha-limpa,536844,0.htm

sábado, 3 de abril de 2010

Mudança de vida

Esse blog nunca foi do tipo diário pessoal mas hoje vou falar um pouco de mim. Minha vida mudou um mucado de uns tempinhos pra cá. Para quem não me conhece ou não sabe de detalhes da minha vida, vamos lá. Tenho 19 aninhos recém completados (tudo bem, já vai fazer um mês) e até pouco tempo atrás a única coisa que fazia da vida era estudar engenharia civil. Ah, e claro, cuidar da minha filha cachorra Mirra. Não trabalhava, é isso que quis dizer.
Pois bem, acontece que passei no concurso do IBGE e agora sou Agente Censitária Municipal (ACM). Agora virei uma mulher trabalhadora com "direito" (=obrigação) a oito horas diárias de trabalho. E nem é aqui em Perpétuo Socorro (vulgo "Cachoeira Escura"), distrito onde moro, mas lá na sede em Belo Oriente. Acordo as 06:20 mais ou menos, pego o busão de 07:10 (que só passa lá pra 07:30 mas que um dia passou na hora e eu perdi) e chego lá as 08:00.
O pessoal que trabalha comigo é tudo gente boa. A Luciana, a Jussara e o Edson são ACS's e o Jackson é ACI (S de supervisor e I de informática). Como disse, são legais. Mas estamos em um prédio da prefeitura então temos contato com alguns funcionários de secretarias e gerências... Tem um cara lá que vive tirando todo mundo do sério discutindo religião, sexualidade, big brother e caso Nardoni. Incrivelmente ele consegue ser do contra em tudo e aí todos perdem a paciência. Mas pelo menos ele faz o tempo passar mais rápido. Rsrsrs
Aliás, um de nossos maiores problemas é o tempo. É que até o dia do treinamento (que começará nessa terça-feira) não tínhamos muito o que fazer a não ser estudar os manuais (que cada um leu em um dia). E não pudíamos fazer isso em casa, tínhamos que cumprir horário. Isso é errado. Na verdade, acho que deveríamos ter sido contratados apartir do dia do treinamento ou no máximo uma semana antes para ler o manual, não precisava de duas semanas. Mas, fazer o que? Eu também não vou devolver meu meio salarinho afinal de contas foram 80 horas da minha vida que dediquei ao IBGE (eles que não aproveitaram como deveríam). Mas, falando sério agora: é muito chato ficar em um lugar sem ter o que fazer! Sem trabalho mas também sem televisão, internet, cama! Rsrs... Só o que podíamos fazer era ler ou conversar. Ler é ótimo mas cansa. E até conversar, acredite, mesmo numa sala com três mulheres tem uma hora que cansa! Rsrs...
Temos uma hora de almoço. Como é impossível para mim ir pra casa e voltar, almoço em um restaurantesinho muito simpático. O preço é bom e a comida também. E além disso conheci o Nélio. Um engenheiro civil-poeta. É um dos meus no que diz respeito à revolta com injustiças.
O expediente termina as 17:00 h. De lá vou direto para a faculdade. Só chego em casa as 23:40, mais ou menos. Quando abro o portão minha filha vem toda feliz sem saber se comemora os reclama do abandono. Pula, lambe, chora, balança o rabo... Mas nessa hora já estou quebrada e por mais que queira, pois também sinto muita falta dela, não posso brincar muito tempo. Recompenso nós duas acordando um pouco mais cedo para ter uns 10 minutinhos com ela. E no outro dia começa tudo outra vez.
"Todo dia ela faz tudo sempre igual e sacode as seis horas da manhã"
Mas só estou escrevendo isso aqui para registrar minha mudança de vida, não estou reclamando. Sei que daqui a pouco começa o trabalho de verdade e que não será nada fácil. Percorrerei uns bons quilômetros a pé realizando a pré-coleta. Mas está bom. A vida é assim mesmo! A tudo isso que falei somam-se as provas da faculdade e provas de concursos que me inscrevi (já me inscrevi em uns 3 ou 4!). É bom pagar as próprias contas, poder gastar um pouco na nossa "manutenção" (cabelo, unha, roupa, que quando a gente depende de pai e mãe é tudo meio regrado) mas tudo tem seu preço. E apesar do cansaço estou feliz por ter saído do desemprego e espero que quando acabar o trabalho no Censo eu já entre logo em outro! Assim passo menos tempo em casa e em Cachoeira Escura (minha família me estressa e esse lugar me oprime).